Tempo de aceleração com jovens abençoados e perseverantes na carreira

Postado em
0
 “Quão formosos são os pés dos jovens que anunciam as boas novas.” 

Na última noite do #JPN2021, tudo contribuiu para que os jovens valorizassem ainda mais os seus pés no cumprimento de sua carreira. Afinal, a parte do corpo humano mais importante em uma corrida são os pés. São eles que impulsionam os competidores em uma olimpíada e fazem a diferença naqueles que são mais velozes. São eles também que usamos para ir e levar a Palavra de Deus para nosso bairro, cidade, país e para todas as nações.

Assim aconteceu na tarde deste sábado, quando, no evangelismo, diversos jovens participantes da conferência, junto ao missionário americano Tony Fleege, que atua na França, caminharam pelas redondezas e até usaram os pés, estrategicamente, para jogar bola e se aproximar de diversas pessoas, a fim de falar do amor de Deus. Foram muitas emoções, orações, curas, além de 36 decisões por Cristo.

 Cuidando dos pés para prosseguir na carreira 

O JPN também é conhecido como um dos eventos mais limpos da cidade de Campina Grande (PB). Isso porque não tem bebida alcoólica, drogas e nenhum registro de atos de violência. Mesmo assim, para garantir a integridade física dos participantes, sempre é formada uma Equipe de Saúde, para atender casos eventuais.

Uma das integrantes dessa equipe, a enfermeira Hoanna Couto, contou que eles praticamente não trabalharam. Um dos poucos casos que aconteceu foi de uma jovem que torceu o pé durante o louvor. Ela logo foi medicada com spray, compressa de gelo e analgésico. Hoanna foi informada pela líder da jovem que ela já está conseguindo andar sem sentir dor. “Ela agradeceu pelo cuidado e por termos ajudado para que ela não perdesse o que tinha de receber hoje”, contou a enfermeira.

Antes mesmo de começar a conferência nesta noite, durante o #OreJPN, um dos integrantes da equipe de oração declarou: “Onde você pisar a planta dos seus pés seja inundado com a Glória de Deus”. Logo em seguida, os cantores Gabriel Rodrigues, do Verbo da Vida em Taubaté (SP), e Euller Moreira, do Verbo da Vida Sede em Campina Grande, fizeram a galera tirar os pés do chão, para dançar e pular na adoração ao Senhor. 

“Eu sou abençoado ao sair, abençoado ao entrar. E por onde eu passar, abençoado eu sou.”

Agora responda: Com quantos pés se faz um especial teatral que impacte a vida de centenas de jovens? No caso da nossa conferência, foram 56. Sim, 28 jovens do grupo de teatro  do Verbo Sede encenaram uma peça de excelência sobre a nossa corrida da fé. E a palavra de ordem foi: CORRA!

Os anfitriões Samir e Daiene Souza, coordenadores da Editora Rhema Brasil, apresentaram os ministros Murillo Albuquerque, de Recife (PE), e Vitor Mesaque, de Três Lagoas (MS), que serão os responsáveis por trazer as mensagens da noite e também as caravanas representando diversas cidades de todo o país, com jovens que não ficaram parados, mas colocaram rodinhas nos pés para chegar até aqui. 

“Este é um tempo de aceleração. Velozmente, estou correndo velozmente. Já chegou ao meu encontro, aceleração.”

 Correndo com a bênção de Deus 

Murillo Albuquerque começou sua mensagem falando que um bastão da Palavra da Fé está sendo passado para esta geração. E completou: “Cabe a nós pegarmos esse bastão para levarmos essa Palavra para as nações”.

O ministro disse que, assim como Abraão tinha a consciência da bênção de Deus sobre a sua vida, nós devemos ter também. “Não importa onde eu estiver eu tenho a consciência da bênção de Deus sobre a minha vida. Não precisarei agir com a minha própria força. Abençoado serei e prosperarei”, comentou.

“Prosperidade não é o que você tem, mas o que você é.”

Murillo aconselhou para que não fiquemos procurando bênçãos. Ele disse que já somos abençoados. “Simplicidade não é ausência de poder. A nossa dependência está no Senhor. Ele é a nossa fonte. É d’Ele que tudo vem. E a presença de Deus está em nós“, falou o ministro.

O jovem ainda falou que não podemos resplandecer ficando do lado de uma geração. Mas sim estando no meio dela. Ele disse que é no caos onde vamos ser luz, que é no meio de uma geração pervertida que nós vamos resplandecer como luz. “Onde você chega, paz, alegria e justiça chegam. A bênção tem a capacidade de colocá-lo no pior lugar e transformar esse lugar no Jardim do Éden.”

“Hoje foi dada a largada da sua carreira e não vamos mais parar de correr, levando a Palavra da Fé para todas as nações.”

Clique aqui e veja os destaques da mensagem de Murilo Albuquerque. 

 Perseverando na corrida 

Vitor Mesaque foi o responsável em trazer a última palavra do dia. E, mais uma vez, ele deixou a sua marca de intrepidez e ousadia. Ele destacou que o tema de sua ministração é “A Última Volta”. “Muitas vezes a gente pega algo que não deu certo em nossa carreira e colocamos isso em uma posição de governo sobre a nossa vida e tem nos paralisado”, comentou o ministro.

Vitor aconselhou que não importa o momento que a pessoa parou na sua carreira, tem que sair do box e continuar a correr até que a carreira se complete. Ele falou que nenhuma circunstância que vem contra nós deve nos parar. E declarou que os jovens vencerão todos os obstáculos que se levantarem em sua carreira. “Quanto maior o problema que aparecer para você, maior será a sua vitória”, afirmou. 

“Nenhum problema pode parar você. Está na hora de tirar o peso e o embaraço.”

O ministro disse que a nossa corrida é um processo. Ninguém é alguém de repente. O se tornar é um processo e fala de renúncia. A corrida não acontece só na linha de chegada, mas a maior parte do tempo dela é no meio. Ele falou ainda que, se Deus tem um propósito para nós, ele vai cumprir. A questão é se vamos continuar na corrida. “Não fique desanimado e abatido! Não retroceda!”, aconselhou Vitor. 

Por fim, Vitor Mesaque disse que precisamos perseverar na vontade de Deus, pois não sabemos quando é a última volta e que está tão perto de vencermos. “Você precisa perseverar na carreira, ficar firme mesmo sob pressão. Não são os velozes que vão ser vitoriosos, mas aqueles que perseveram até o fim”, finalizou o ministro. 

“O Evangelho não nos garante ausência de problemas, mas nos garante a vitória sobre os problemas.”

Clique aqui e veja os destaques da mensagem de Vitor Mesaque. 

Tudo o que aconteceu nessa noite, você pode conferir no vídeo a seguir.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA