Disposto a ser veloz

Postado em
0

por Gabriel Moraes
(Membro do Verbo da Vida em Pedra de Guaratiba, Rio de Janeiro-RJ) 

Quão disposto você está para tornar as coisas mais velozes?

Recentemente, na minha igreja, Verbo da Vida em Pedra de Guaratiba, Rio de Janeiro-RJ, tivemos uma palavra profética liberada pelo Pr. Humberto Albuquerque sobre a construção do nosso novo templo. “Será rápido e fácil!”. Eu creio e temos visto essa palavra tocando as nossas vidas como igreja, mesmo sendo algo liberado para a obra do novo templo, coisas têm acontecido de forma fácil e mais rápida do que o esperado. Mas, o meu ponto aqui é uma pergunta que me veio no espírito, que deu o título a esse texto: Quão disposto você está para tornar as coisas mais velozes?

É uma pergunta intrigante para mim. E eu quero pensar um pouco sobre isso e, peço para que você me acompanhe nesse raciocínio e auto-avaliação.

Qual a sua disposição para acatar uma vontade de Deus? “Total!!!” Alguns afirmariam com contundência, mas quero que você humildemente analise certos pontos.

Se Deus lhe pedir para se alimentar melhor, você faria? Talvez, alguns ainda digam “sim” de imediato, mas na prática, o abandonar certas comidas, determinados hábitos alimentares é algo árduo. Aquele chocolate de todo dia, ou aquela comida que você sempre come à noite. É difícil. Mas, alguns poderiam perguntar: “Para que Deus me pediria isso?”. Aqui alguns, como eu, poderiam ponderar diversas respostas, contudo, eu quero lhe responder com uma pergunta: Você precisa de justificativa, de uma explicação para obedecer a Deus? O caráter Dele, quem Ele é não deveria ser o respaldo suficiente para a sua obediência?

E se Deus lhe falasse que você precisa amá-Lo mais?. “Mas, eu amo, eu amo a Deus mais que tudo.” Todavia, como vai o seu tempo de comunhão com Ele? Protocolar? Ou maleável ao ponto de descomprometimento? Como andam as suas reações? Está com raiva de alguém? Repulsa? No entanto, em I João 4.7-8 não fala que aquele que não ama ao seu irmão não conhece a Deus? Se você não conhece a Deus, como você pode dizer que O ama? Você ama um desconhecido? Amor envolve conhecer, manifestar esse amor demonstra conhecimento, relação com a Fonte do amor, ou melhor com o próprio Amor.

Quão disposto você está para tornar as coisas mais velozes?

Se Deus lhe pedir, “pare com determinado hobby”. Simplesmente, pare. Sem explicações. E aí? Ainda vai depender de uma justificativa? Às vezes, a dependência de explicações vem da falta de amor. Sabe por quê? Porque a obediência incondicional a Deus está conectada a uma plena revelação de quem Ele é. Como amar, se não conheço O Amor?

Quão disposto você está para tornar as coisas mais velozes?

Se Deus lhe pedir para se aproximar de quem você não gosta ou de se afastar de alguém que você gosta? Não falo de ter más associações ou de repudiar alguém. Falo de ajudar o próximo e de evitar más influências, respectivamente.

A caminhada cristã não precisa e nem é algo solitário, mas, infelizmente, dependendo do contexto, pode haver certas restrições. Deus pode ter um plano de lhe alavancar em algo grandioso para trazer honra e glória ao nome Dele, mas você precisa se afastar um pouco de tal pessoa, porque existem pontos que você precisa crescer e que essa pessoa lhe atrapalha nisso. Entende? Estou apresentando uma possível explicação de milhares existentes. Não se prenda a ela, se prenda ao caráter Dele.

Quão disposto você está para tornar as coisas mais velozes?

Se Deus lhe pedir para dormir uma hora a menos, acordando todo dia, uma hora mais cedo, para orar, ter um tempo com Ele, você faria? Nos primeiros dias a obediência é fácil, mas quando o dia anterior é puxado, você vai apresentar uma “explicação” ou vai se manter fiel no compromisso? Vai começar a contar o que acontecia para os outros e dizer que já passou o tempo por causa de X e Y para tentar tirar o desconforto da sua infidelidade?

Quão disposto você está para tornar as coisas mais velozes?

Se Deus lhe pedir para cortar redes sociais como: facebook, instagram e twitter, pelo resto da sua vida ou por tempo indeterminado, você faria? Alguns com poucos meses estariam de volta, da mesma forma que o exemplo anterior, com justificativas, para tentar ficar mais confortável com a infidelidade. “Mas, isso é extremismo Deus não é assim!” Sim, creio que isso não é pra todos, mas se houver um propósito pra você? Diante da perspectiva que o seguir a vontade de Deus lhe dá, você ainda questionaria?

Quão disposto você está para tornar as coisas mais velozes?

Eu sei que usei muito a segunda pessoa, mas eu me incluo nisso. Poderíamos pensar sobre diversos pontos que tangem esse tema e lhe incentivo a meditar sobre. Mas, de tudo que foi dito eu quero que você se atente ao amor. Nossa vida, nossas ações e reações ditam muito o quanto conhecemos o Amor, o quanto andamos em amor, com a consciência do Amor em nós. O quanto somos ofendidos, demonstra a nossa vulnerabilidade como cristãos.

O amor lhe torna imune a ofensas, a mal dizeres, a mentiras sobre você. Você não amar para ser amado. Você não ama, porque precisa do outro. Você ama porque o Amor está em você. Gosto de algo que o Dan Mohler disse, que nós erramos em algum ponto no evangelho, onde tudo passou a ser o que recebemos Dele, de sermos abençoados, ao invés de sermos transformados! Meu pastor Edimilson Nunes diz: “Não é o que tenho que me faz rico. Eu sou rico, por isso ando em prosperidade.” E isso é o exemplo de uma área em uma infinidade de áreas.

Permita-se ser transformado. Tenha a humildade de reconhecer suas limitações e falhas. O reconhecimento delas é o que dá a disponibilidade do tratamento delas. Não procure ter uma imagem, mas procurem expressar A imagem de Cristo aqui na Terra. Não se precipite na sua caminhada, seja paciente, pois o acelerar das coisas não tem a ver com a antecipação de Deus, mas tem a ver com a nossa retirada de obstáculos e obstruções para o planejamento Dele. Esteja disposto a torna as coisas mais velozes!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA