Seja uma boa terra

Postado em
0

por Perilo Borba

Sempre passa um filme na minha cabeça de como a Palavra de Deus transformou a minha vida e minha família. A gente precisa da Palavra de Deus!

Quando Jesus foi afrontado pelo diabo no deserto, Ele disse que nem só de Pão viverá o homem, mas de toda Palavra que sai da boca de Deus. Essa Palavra falada de Deus é como uma luz acesa na escuridão.

O que mais importa é o que Ela tem gerado em nós! Em Lucas 5, Pedro afirmou que passou a noite toda pescando, mas não pegou nada. Pode ser que seja assim que você se encontre: há muito tempo tentando e não consegue os seus objetivos. Entretanto, Pedro ousou dizer: “sob a tua Palavra lançarei as redes!”.

Paulo afirma que o Evangelho é loucura, porém, para quem crê, Ele é poder. Temos duas opções: ficar na mesma situação ou experimentar o poder de Deus, que transforma a impossibilidade em possibilidades.

Assim, sua vida vai ser um sinal! Quando você recebe a Palavra, você recebe o poder e faz com que Ela deixe de ser letra e passe a ser vida.

Em Hebreus 4 fala de pessoas que ouviram a Palavra e tiveram resultados diferentes. Para uma parte, a mensagem nada lhes valeu. Todavia, a palavra precisa ser recebida com fé e precisamos crer que ela surtirá efeito, transformando nossa maneira de pensar e depois de agir. Nosso papel é receber ao ponto da Palavra trazer mudança. A nossa história precisa ser conhecida pelo antes e o depois desta transformação.

Na parábola do semeador, Jesus nos mostra que por mais simples que seja a mensagem, se encontrar uma boa terra, haverá poder nessa semente. Diante disso, são necessários 3 pontos: ouvir de bom e reto coração, reter a Palavra e frutificar com perseverança.  

1. Ouvir de bom e reto coração:
Ser uma boa terra significa receber a Palavra com o coração aberto, com boas intenções. Ouvi-la desconfiado ou por obrigação não é ser uma boa terra.

2. Reter a Palavra:
Reter é “manter amarrado”. Da mesma forma que precisamos manter aquilo que recebemos no Centro de Treinamento Bíblico Rhema. Nunca tire férias da Palavra! Você pode até ter férias da Escola, mas não da Palavra. Se apegar com mais firmeza ao que você já recebeu, fará com que você proteja e regue a semente, pois é preciso guardá-la.

3. Frutificar com perseverança:
Essa frutificação vai acontecer na medida em que ouvimos a Palavra, meditando dia e noite. Não importa o que aconteça por fora. É válido ressaltar que não determinamos o tempo da frutificação, mas somente Deus o sabe.

Fruto é a evidência visível de um poder que já está lá dentro. Essa frutificação vai exigir de nós perseverança. A Bíblia diz que precisamos imitar aquelas pessoas que pela fé herdam as promessas. Algumas situações irão acontecer, mas precisamos permanecer. Mesmo que algum diagnóstico diga o contrário, precisamos olhar para a Palavra e ver o nosso reflexo. Não tire os seus olhos da Palavra, não coloque sua atenção nos ventos, nem nas ondas, mas persevere.

Deixe as pessoas verem o fruto da Palavra em você!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA