Igreja em Petrolina (PE) celebrou o Mês da Família com a série “Eu e minha casa”

Postado em
0

O mês de maio, considerado como o Mês da Família para os membros da Igreja Verbo da Vida em Verbo Petrolina (PE), foi comemorado em grande estilo. Os cultos foram marcados por ensinamentos, baseados nos princípios da Palavra, a respeito dessa instituição projetada por Deus. A exemplo disso, a série “Eu e minha casa” abordou todos os aspectos da família (casais, adolescentes, jovens, crianças e finanças), com momentos temáticos e cultos, que ganharam um formato específico para cada público (decoração e ministração).

A referida série iniciou resgatando um princípio bíblico que tem se perdido ao longo dos anos: a experiência da mesa. Ao seu redor dela, os líderes do Ministério de Casais, Jailson Ferreira e Mônica Mendes fizeram uma analogia entre as estações climáticas e as estações do amor no casamento (primavera, verão, outono e inverno). Os casais foram instruídos sobre as ferramentas contidas na Palavra para estabelecer a harmonia dentro do lar. Além disso, o assunto foi abordado ao longo do mês, com lives no Instagram da Verbo Petrolina, que contou com a presença de convidados especiais.

O encontro seguinte ficou sob o comando do Ministério dos Adolescentes, num culto totalmente dirigido por eles, desde a diaconia, louvor e também o ministro da noite, o adolescente Eric Amí.

Na ocasião, a palavra de ordem foi a obediência que, fazendo uma imersão nas escrituras, fortaleceu a convicção de que o Senhor é o firme fundamento e a base de uma família saudável.

Se estou hoje aqui, foi graças à obediência dos meus pais em orar pela minha vida desde o início, se estou neste púlpito hoje, devo a eles.

Após a ministração de Eric, a noite terminou em festa, com vidas se rendendo a Jesus.

Dando continuidade à celebração do Mês da Família, a onda do movimento Jovens Intensos arrastou e sacudiu a todos. O jovem Jeann Thallys, líder do Evangelismo, incendiou o público presente com uma palavra de resgate dos princípios, deixando claro que esta geração não está perdida.

Com base na história de Daniel, Jeann frisou a importância de andar na contramão do que o mundo diz e de ter como bússola as Escrituras Sagradas, pois honra e obediência nunca sairão de moda. “Não é difícil honrar pai e mãe se você estiver alinhado com os princípios da Palavra”, falou o jovem.

O Verbo Crianças não ficou de fora dessa comemoração e deixou a igreja bem mais colorida. No hall de entrada era possível contemplar a excelência e o cuidado com que os pequenos são recebidos nas salinhas. Laura Maria, professora do Departamento Infantil, explicou que as crianças recebem uma porção do que os pais aprendem no templo principal.

Com professores capacitados, elas são ensinadas sobre as verdades da Palavra, de acordo com cada faixa etária, numa linguagem específica e de maneira lúdica. A líder do departamento, Poliana de Sá, ministrou aos pais presentes que “A criança é o fator principal do amadurecimento de uma família”. Segundo ela: “Pais excelentes plantam com sabedoria e colhem com perseverança”.

A série foi encerrada com um aconselhamento coletivo. O pastor Edilson de Lira abriu a porta do seu gabinete e falou a respeito das finanças dentro do ambiente familiar.

Um assunto muitas vezes negligenciado, mas que se tornou um dos maiores fatores de problemas dentro dos lares. Por meio de quatro dicas, o pastor mostrou que essa é uma área que merece uma atenção especial.

DICAS PARA UMA VIDA FINANCEIRA SAUDÁVEL

De acordo com o Pr. Edilson, o passo a passo para ter uma vida financeira saudável inclui:

1. Fazer o diagnóstico da situação atual;
2. Diminuir os gastos;
3. Planejar;
4. Investir.

O propósito da prosperidade é a generosidade. O dinheiro é um amplificador de propósito. (Edilson de Lira)

A igreja em Petrolina tem trazido temas relevantes através de séries mensais. Se você quiser “receber tudo” na íntegra das ministrações, acesse o canal Verbo Petrolina, no  YouTube.

Fique ainda atento à série do mês de junho, sobre “O nosso jeito de ser Igreja”, adaptado ao “nordestinês”. Está imperdível! Mas isso é assunto para outro texto. Aguarde!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA