FORTALEZA (CE): Igreja da Via Sul realizou o “Verbo Social”

Postado em
0

A Igreja Verbo da Vida Via Sul, em Fortaleza (CE), tem cumprido o seu papel no tocante à expansão do Reino na sociedade. E uma das maneiras cruciais de alcançar esse objetivo se dá por meio de ações sociais na comunidade local. Desse modo, o Verbo Social surgiu do desejo dos pastores Gilmar e Vera Cavalcante em ser uma igreja relevante fora das “quatro paredes”.

Liderado por Nilton Câmara, o Verbo Social tem transformado vidas através do amor e da generosidade, envolvendo não apenas membros da igreja Verbo da Vida Via Sul, mas também a sociedade fortalezense. “Fazer o bem faz bem… sempre, portanto, é preciso implantar uma cultura social no coração e na mente das pessoas”, afirmou Nilton.

O trabalho do Verbo Social intensificou-se no início da pandemia, em março de 2020. Infelizmente, o número de pessoas em situação de rua aumentou de maneira gritante em todo o país. Em Fortaleza, mais precisamente no bairro de Messejana, aqueles que até então eram esquecidos e invisíveis pela sociedade, ganharam notoriedade com as ações do Verbo Social.

Em parceria com o  Instituto de Apoio e Proteção Social (IAPS) e a Prefeitura de Fortaleza, são oferecidas refeições diárias para pessoas em situação de rua do bairro de Messejana. “Desde a primeira vez quando fui ao almoço, na pandemia, percebi que, enquanto igreja, poderíamos ir além e fazer  muito mais”, destacou Nilton.

Eles recebem uma alimentação diversificada, com um cardápio diário acompanhado por nutricionistas. Vale ressaltar que as refeições chegam ao local ainda quentes e com todos os cuidados quanto à higiene.

Em alguns dias, antes da entrega das quentinhas, o líder do Verbo Social, faz uma breve oração de gratidão pelo alimento e aproveita o momento de comunhão para escutá-los e aconselhá-los segundo a Palavra de Deus.

Há, também, nesse mesmo espaço, a distribuição de roupas e calçados, que passam por uma triagem antes da doação, sendo lavadas e higienizadas, separadas por tamanho, idade e gênero. Brinquedos já foram distribuídos, medicamentos, ferramentas de trabalho, kits de higiene bucal e, acima de tudo, acolhimento e abraços apertados.

“Ao longo desses dois anos, já ouvi muitas histórias, algumas com finais felizes, outras nem tanto. Posso confessar de todo coração: as quentinhas e outras doações são apenas estratégias que Deus colocou em nosso coração, pois a carência maior dessas pessoas é por um abraço, oração, atenção e escuta, algo que vai além da fome”, completou Nilton.

OUTRAS AÇÕES DESENVOLVIDAS

Em julho do ano passado, em parceria com a Secretaria de Missões do Verbo local, um completo e delicioso café da manhã foi oferecido aos nossos irmãos em situação de rua de Fortaleza. Toda a alimentação foi acompanhada pela nutricionista e líder da Secretaria de Missões, Regina Moreira, pois para o Verbo Social não importa se tais pessoas estão na rua ou não, sempre será oferecido à comunidade local o melhor, com muito amor e excelência.

Em dezembro, as pessoas em situação de rua também puderam viver e se confraternizar durante um almoço especial de Natal. O almoço foi regado a momentos de louvor e adoração com Gabriel Guedes, membro do louvor do Verbo Via Sul e do Jovens 3in1, reflexão da Palavra e oração. Além de um delicioso almoço, com sucos naturais e sobremesas. No final, todos receberam um panetone.

Na semana seguinte, isso é, no ano novo, juntamente ao almoço, também foi entregue garrafas de água mineral com um rótulo personalizado com a seguinte mensagem: Jesus, água da vida.

Talvez muitos não saibam, mas um item essencial e que é escasso para essas pessoas em situação de rua, é água potável. A distribuição só foi possível graças aos lojistas locais e pessoas da sociedade civil que abraçaram a causa do Verbo Social e decidiram semear em vidas.

Durante esse momento de gastronomia social, outras ações são promovidas pelo Verbo Social, como, por exemplo, a entrega de resíduos recicláveis recolhidos na igreja e vizinhança para que possam ser vendidos e transformados em alimentos e medicações, isso é, as mesmas pessoas que estão na rua, vão gerando renda para que possam alugar um espaço para dormir e sair das ruas. Alguns jovens também recebem isopor e fardos de água mineral para iniciar sua própria renda.

Em janeiro deste ano, algo muito especial aconteceu: em parceria com a Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos do Estado do Ceará e do Instituto de Assistência e Proteção Social, foi promovida na praça principal do bairro de Messejana, em Fortaleza, um dia de gastronomia social para pessoas em situação de rua. Além das 160 refeições distribuídas nesse dia, foi realizada a vacinação das três doses do Covid-19 e da H1N1.

Além disso, teve também a distribuição de kits de higiene para homens e mulheres e encaminhamentos para emissão de documentos.

“Não basta somente entregar a refeição, mas é preciso promover saúde, vida espiritual, cura, inserção no mercado de trabalho e, acima de tudo, incluí-los na sociedade para que possam se sentir valorizados e amados por todos. A ação de amor é diária, e o alimento que vem do alto é o mais importante”, finalizou Nilton Câmara.

Já em março, a igreja juntamente ao Verbo Social lançou a campanha Fazer o bem é massa que arrecadou mais de 300 pacotes de massa para mingau em prol da Associação Nossa Casa, que acolhe pessoas em tratamento contra o câncer. Vieram doações de toda parte do Brasil e também de outros países. Vale ressaltar que durante a pandemia, também foi entregue à instituição vários donativos, como foi o caso de um fogão industrial novo.

“Estamos sempre indo à Nossa Casa, pois lá as portas estão abertas para nós, não apenas para que possamos entregar as doações, mas, principalmente, dedicar atenção e tempo  regado a momentos de comunhão através de dinâmicas, louvor e oração”, afirmou Câmara.

Outra maneira de amenizar o sofrimento de quem está enfrentando a batalha de combate ao câncer, se faz através da doação de mechas de cabelo para a confecção de perucas. Vários salões de beleza de Fortaleza, inclusive da própria igreja, em parceria com o Verbo Social, têm feito a doação, bem como, crianças do Departamento Infantil e adultos do Verbo da Vida Via Sul.

O “amor em mechas” é uma ação sem data específica e que já beneficiou várias entidades da cidade, como é o caso da Associação Peter Pan, que trata de crianças e adolescentes com câncer, e a Associação Nossa Casa, citada anteriormente. Uma das maiores ações está para acontecer no próximo mês de junho. O Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce) do Governo do Estado estará no Verbo da Vida Via Sul das 9h às 16h para a coleta de sangue.

Vale ressaltar que as dependências da igreja serão utilizadas para que toda a sociedade de Fortaleza se faça presente no intuito de salvar vidas. “Quando a igreja abre suas portas para a população, de modo geral ela se torna relevante e mostra o seu verdadeiro chamado” afirmou o pastor Gilmar Cavalcante.

Conheça um pouco mais das ações que têm sido realizadas pelo Verbo Social através das fotos a seguir e também acessando o Instagram Se você deseja ajudar e contribuir de alguma forma com essa obra, entre em contato através do e-mail: verbosocialviasul@gmail.com

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA