Centenas de mulheres foram impactadas na Conferência Regional do Rio de Janeiro (RJ)

Postado em
0

Dois dias de renovo, inspiração, ousadia e mudança de mentalidade. Foi assim a 5ª Conferência Regional de Mulheres ocorrida em um hotel próximo à praia da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro (RJ).

O evento reuniu centenas de mulheres de todas as igrejas do Verbo no estado e também de outras denominações, em um tempo precioso gerado no coração de Deus para cada uma delas. 

Durante o evento, a Palavra foi ministrada por Rossana Lira, Wagneide Menezes, Vânia Nascimento e Aurinha Chianca. Mulheres poderosamente inspiradas por Deus com palavras específicas para essa nova estação. Também houve momentos de louvor repletos de intensa alegria, entrega e mover de Deus, com a união dos Ministérios de Música de diversas congregações do Verbo no Rio.

Excelência, organização e beleza estavam por todos os lados, desde a recepção, passando pela linda decoração até a entrega de brindes e lanches. Tudo isso foi fruto do empenho de diversas equipes, lideradas por Aurinha Chianca, esposa do supervisor regional das igrejas do Verbo no Rio, Edimilson Nunes, e por Marcela Chianca, coordenadora do evento. Ficou nítido o senso de propósito, a dedicação e a alegria envolvidos na preparação dessa mega conferência.  

A noite de abertura contou com a ministração de Rossana Lira, que falou sobre a influência de nossos pensamentos em nossas decisões e, consequentemente, em nosso destino. Ela explicou que devemos pensar e falar coisas alinhadas à palavra de Deus e ao que o Senhor diz a nosso respeito.

“Com uma mentalidade antiga não há como desfrutar de um Reino novo. Então você não pode receber o relatório do sistema do mundo e se conformar com ele. Alguém que pensa pequeno está desqualificando o que está escrito na Bíblia. Por outro lado, uma pessoa com mente renovada tem uma visão de futuro gloriosa”, ressaltou  a ministra.

Rossana encerrou a mensagem em meio a um mover de Deus, louvores e muita expectativa por parte de todas as conferencistas para o que iriam viver no dia seguinte.

No segundo dia, Aurinha Chianca já iniciou a ministração debaixo de uma unção profética, dispensando orientações do Senhor sobre cantar e se alegrar mesmo em meio a momentos difíceis. A ministra utilizou o exemplo bíblico de Ester, a qual o Senhor inseriu na realidade de um palácio e fez com que usasse vestes de rainha, a fim de que sua vida e mentalidade fossem completamente transformadas. 

“Às vezes o Senhor te coloca em lugar de reinado e você fica pensando ‘mas isso não é pra mim’. Deus precisou retirar Ester de um ambiente de cativeiro para colocar em um lugar de rainha. Então você precisa entender que o ambiente de realeza é que é o seu lugar”, enfatizou.

Aurinha também falou sobre cuidados com a saúde e com a aparência, incentivando as mulheres a andarem com postura de quem vive em um palácio, com a consciência de que são filhas do Rei.

Na segunda parte do culto, Wagneide Menezes assumiu o púlpito com muita ousadia e dinamismo, também destacando a importância de considerar o que a palavra de Deus diz ao nosso respeito. 

“Você foi criada para ser a imagem e semelhança de Deus. Precisamos deixar dessa falsa humildade e acreditar no que a Palavra diz sobre nós. O melhor de Deus foi feito para mim e para você. Saia da condição de pecadora e de condenada, porque Deus diz que ‘se quiserdes e obedecerdes comereis o melhor dessa terra’. O seu pai é Senhor dos Exércitos, Aquele que nunca perdeu uma batalha. Ele te alistou para esse exército com patente alta!”, afirmou a ministra. 

Movidas por essa Palavra, muitas conferencistas pularam, dançaram e correram de forma profética, selando o rompimento extraordinário em Deus. 

No encerramento, o tema da mensagem foi Compensação, ministrado por Vânia Nascimento. Ela declarou que é um tempo de honra, onde o Senhor irá compensar mulheres por períodos de dores e perdas. “Hoje começa uma estação de compensações. Não é tempo de chorar. O Senhor está neutralizando todas as perdas. Há um banquete preparado para você se beneficiar com todas as indenizações. Compensação significa neutralizar algo negativo com ação ou medida positiva, significa anular perda com ganho, neutralizar mal com o bem. Você vai ser altamente honrada!”, destacou Vânia. 

Uma unção de cura tomou conta do ambiente no final da mensagem. Sob direção do Espírito, Vânia chamou à frente mulheres que estavam passando por situações de enfermidades em si próprias ou na família. Em meio a uma atmosfera de glória, essas
mulheres receberam orações com imposição de mãos. 

A conferência regional de Mulheres do Verbo da Vida do Rio se encerrou em meio a gargalhadas e gritos de celebração, vindos de mulheres convictas de que suas vidas nunca mais serão as mesmas. Nas palavras de Marcela Chianca, o resultado desse evento são “vidas afetadas, mentes transformadas, corações aquecidos e vozes que ecoam para a eternidade”.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA